Ministério da Defesa: comida que vai para o lixo poderia ser aproveitada

Professor Resíduo
01:00:PM - 11/Mar/2017
Ministério da Defesa: comida que vai para o lixo poderia ser aproveitada
http://istoe.com.br

11/03/2017 | 13h00

Um dos restaurantes do Ministério da Defesa, que fica na Esplanada, em Brasília, tem mandado para o lixo frequentemente alimentos que ainda poderiam ser aproveitados. O desperdício tem revoltado servidores que flagraram, reiteradas vezes, lixeiras cheias de comida. 

De acordo com um funcionário que trabalha no local, todos os dias refeições que sequer foram oferecidas aos clientes vão para a lixeira. Assim como outros tantos que saem do bufê e vão direto para o descarte. Além de hortaliças, que estragam mais rápido, enchem os sacos plásticos peito de frango e batata palha, por exemplo. Os mantimentos saem dos cofres públicos. A previsão para 2017 é de gasto superior da R$ 2,6 milhões para servir 900 pratos por dia nos refeitórios da pasta.

O Ministério da Defesa explica que a “foto apresentada não retrata o trato normal das hortaliças”. O departamento acredita que a parte que foi descartada apresentava mau estado de conservação, provavelmente resultante do manuseio ou transporte até o refeitório. As circunstâncias serão apuradas.

A assessoria da pasta diz não ter havido queixas anteriores. Informam que somente quem é servidor ou terceirizado que presta serviço no ministério pode comer nos três refeitórios. E reitera o compromisso com uma “política de trato de resíduos e sobras de alimentos, visando o não desperdício com a maior seriedade”.