Gastos com limpeza pública na Serra daria para construir duas unidades de saúde

Professor Resíduo
11:30:AM - 03/Jun/2017
Gastos com limpeza pública na Serra daria para construir duas unidades de saúde
(Foto: Jansen Lube/ Secom PMS)

Um dos problemas da Serra vem de algumas empresas de caçambas de entulhos

03/06/2017 | 11h00

O município gasta cerca de R$ 7 milhões por anos com limpeza de vias públicas. Os entulhos descartados de forma irregular são o grande problema.

Muita gente desconhece a legislação, mas a responsabilidade pelo descarte do resíduo produzido é de todos. Infelizmente, apesar de haver a coleta regular nas residências, no município de Serra/ES, muitas pessoas ainda jogam em terrenos baldios, margem de canais e vias públicas aquilo que não querem mais.

Este desrespeito obriga que a prefeitura faça a limpeza de aproximadamente 12 mil toneladas mês de entulho gerando um gasto anual de cerca R$ 7 milhões, recursos estes que poderiam ser aplicados, por exemplo, na construção de unidades de saúde ou creches.

"Os recursos gastos com o recolhimento de resíduo trazido para Serra inclusive, por moradores de cidades vizinhas, poderiam ser revertidos em obras importantes para a cidade, como a construção de unidades de saúde e creches, por exemplo", explica o secretário municipal de Obras.

E o desperdício de recursos públicos para manter a cidade limpa não é o maior dos problemas. O descarte irregular de resíduos causa problemas à saúde, ao meio ambiente e colabora com inundações na época da chuva.

Outro gerador de entulho no município é aquela reforma, seja de pequena ou grande proporção. "A pessoa não quer gastar com contratação de caçamba e acaba enchendo o carro de entulho e descartando no primeiro terreno, ou então contrata carroceiros que, na maioria das vezes, fazem o descarte em qualquer local", afirma o secretário de Serviços.

O secretário de Serviços enfatiza que a administração municipal mantém um espaço denominado Ecoentulho onde moradores podem fazer o descarte de entulhos. O espaço fica bairro Novo Porto Canoa. "Neste local recebemos estes resíduos que posteriormente são encaminhados a aterros sanitários, licenciados ambientalmente".

Outro problema vem de algumas empresas de caçambas de entulhos. Muitas recolhem o entulho dos clientes, mas acabam descartando em local inadequado. A conduta tem sido alvo de fiscalizações das secretarias de serviços, desenvolvimento urbano e meio ambiente. "Estamos mobilizados para coibir estes abusos. É preciso que empresas e moradores façam a sua parte", disse o secretário de Serviços.

O secretário enfatiza que além da ação de fiscalização, periodicamente são feitas ações de educação ambiental nas comunidades, associações de moradores, escolas e creches, fazendo com que as pessoas se conscientizem  evitando jogar lixo em vias públicas.