PI: aterro sanitário de Bom Jesus terá mais de 20 anos de vida útil e quer ser modelo para o Brasil

Professor Resíduo
11:30:AM - 07/Jun/2017
PI: aterro sanitário de Bom Jesus terá mais de 20 anos de vida útil e quer ser modelo para o Brasil
https://www.meionorte.com

07/06/2017 | 11h30

O aterro sanitário que será construído pela Prefeitura Municipal de Bom Jesus/PI terá mais de 20 anos de vida útil. A informação foi repassada pelo consultor de São Paulo, que visitou, na segunda-feira (5), ao lado do prefeito, o local onde será implantado o novo aterro e a área onde hoje funciona o aterro controlado da cidade. Atualmente, Bom Jesus produz 20 toneladas de resíduos sólidos por dia, em média.

“Percorremos todo o perímetro do terreno. É um local ideal para a construção de uma Central de Resíduos Sólidos, que terá mais de 20 anos de vida útil, com manta de polietileno, captação e drenagem de águas de chuva, coleta específica para chorume, possibilitando o correto tratamento destes resíduos, evitando contaminação, proliferação de insetos", explicou o consultor com referência na área.

De acordo com o especialista, o projeto deverá prever também a correta destinação de resíduos específicos, como os da construção civil, e mesmo uma pequena central de reciclagem futuramente.

"O que estamos vendo em Bom Jesus é uma iniciativa inovadora. Poucos municípios no Brasil possuem essa estrutura pública. Há iniciativas semelhantes, mas da iniciativa privada. Bom Jesus será um modelo para o Brasil", declarou consultor.

Com o estudo da área concluído, o consultor explica que as próximas etapas são a conclusão do projeto e o licenciamento ambiental. "A transferência do aterro controlado atual para as células do aterro sanitário, desta Central de Resíduos Sólidos, é um processo rápido. Trabalharemos para concluí-la ainda este ano", disse.

Inicialmente, será utilizada uma área de dois hectares para a transferência do atual aterro controlado para o local. Já área total do terreno é de 20 hectares.

“Já estávamos em uma situação melhor que a maioria dos municípios do Piauí em relação à destinação de resíduos sólidos com a criação do nosso aterro controlado, mas agora daremos um passo definitivo no sentido de assegurarmos à população e ao meio ambiente as mais corretas práticas nesta área”, comentou o prefeito.

Aterro controlado
Desde 2014, Bom Jesus conta com um aterro controlado. Isso significa que, ao contrário do que acontecia quando o município tinha um lixão, os resíduos sólidos da cidade recebem tratamento adequado após a coleta pela Prefeitura Municipal. O reflexo dessa medida pode ser visto na redução do número de urubus e moscas na região. Outros benefícios são redução da poluição com queima de lixo, e descarte adequado de lixo hospitalar e restos de açougue. Com a coleta de lixo domiciliar regularizada, o aterro controlado também passou a receber resíduos oriundos de particulares, como sobras de materiais utilizados na construção civil.