Japão: caminhão de lixo com odor fétido tem dias contados

Professor Resíduo
02:00:PM - 16/Jun/2017
Japão: caminhão de lixo com odor fétido tem dias contados
http://www.portalmie.com

Caminhão de coleta de lixo com tecnologia para comprimi-lo e liberar um aroma de frutas (MBS)

16/06/2017 | 14h00

Quando o caminhão que faz a coleta do lixo doméstico passa, deixa um rastro de odor fétido. Isso está com os dias contados, agora com aroma de frutas.

Que tal se o caminhão da coleta do lixo deixasse um aroma de frutas tropicais depois da coleta? Isso já é realidade. Tecnologia do caminhão de coleta já desenvolvida, testes finalizados e aprovados.

É o que vai ganhar a cidade japonesa Takarazuka (Hyogo) a partir do mês que vem. Para identificar o caminhão de coleta do lixo, ele ganhou estampas alegres e florais. Além disso, vai deixar no ar aroma de frutas.

A empresa que desenvolveu essa tecnologia é bastante conhecida no Japão – ShinMaywa – grande indústria de aviões e de boarding bridges para facilitar o acesso dos passageiros ao avião. Por outro lado, ela detém 60% da fatia de mercado na fabricação dos caminhões de coleta de lixo. A ShinMaywa desenvolveu uma tecnologia que permite coletar e comprimir o lixo dentro do coletor, cuja patente é dela.

O novo modelo tem um dispositivo que libera um spray sobre o lixo. Tem dupla função: neutraliza o odor fétido e ainda tem um aroma de frutas. Esse também é um produto desenvolvido pela ShinMaywa.

Um caminhão especial como esse chega ao mercado pelo valor de cerca de 9 milhões de ienes.

Resta esperar que as demais prefeituras adotem essa tecnologia. Assim, os funcionários coletores poderão trabalhar com mais conforto. A empresa detectou que os funcionários ficam incomodados com o odor fétido que fica impregnado na roupa e na pele.

Outro ganho social é que a população não irá se incomodar com o cheiro fétido cada vez que o caminhão passar, principalmente, no verão, que fica acentuado.

O spray com aroma de frutas desenvolvido pela ShinMaywa poderá ser envasado para ser vendido ao consumidor final. 

A empresa está estudando a possibilidade de colocá-lo no mercado para que o consumidor possa usar no lixo doméstico.