Alagoas: Governo discutirá nesta quinta-feira (9) consórcios públicos para acelerar fim de lixões

Professor Resíduo
01:30:PM - 09/Nov/2017
Alagoas: Governo discutirá nesta quinta-feira (9) consórcios públicos para acelerar fim de lixões
Confraria das Noivas

09/11/2017 | 13h30

Gestores municipais se reuniram com o governador Renan Filho e com o secretário Alexandre Ayres; 37 municípios já encerraram lixões

Alagoas mantém os avanços também no quesito da política ambiental. Um dos exemplos é a eliminação dos lixões nos municípios alagoanos. Dados atuais da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) mostram que 37 lixões estão encerrados e as cidades localizadas no interior destinam corretamente seus resíduos sólidos.

Para dar prosseguimento a esta conduta, gestores municipais se reuniram com o governador Renan Filho e com o titular da Semarh, Alexandre Ayres, para tratar do prazo concedido pelo Ministério Público Estadual (MPE) visando à erradicação dos lixões em 68 municípios durante o período de quatro meses.  Ayres aproveitou a presença de vários prefeitos e agendou uma reunião para esta quinta-feira (9) na sede da Semarh para alinhar outras possibilidades, por meio de consórcios públicos, quanto à celeridade no encerramento dos lixões ainda ativos em Alagoas.

A partir deste prazo, o Governo de Alagoas une forças junto aos prefeitos para a elaboração de um projeto a curto prazo para encerrar as atividades dos lixões. Justamente neste sentido, o secretário Alexandre Ayres reiterou o apoio da Semarh junto às prefeituras alagoanas no cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

“Nós temos a disposição, capacitações de coleta seletiva, oficinas de compostagem e diversas atividades de educar ambientalmente as pessoas. Além deste trabalho, seguimos firmes na erradicação dos lixões para que as gestões municipais sigam destinando corretamente seus resíduos. Quando assumimos em 2015, apenas Maceió encaminhava seus resíduos ao aterro sanitário. Com planejamento seguido à risca, 37 cidades encerraram seus lixões”, destacou Ayres.

Durante a reunião ocorrida na segunda-feira (6), o Governo também debateu medidas alternativas a exemplo da implantação de cooperativas de catadores de lixo e apoio às Centrais de Tratamentos de Resíduos Sólidos (CTRs) e aterros sanitários.

As propostas a médio prazo, como a construção de áreas de transbordos para os municípios mais distantes das CTRs, estão sendo estudadas pelo Governo de Alagoas.

Informações: Agência Alagoas