Catadores de lixo fazem protesto em Salvador

Professor Resíduo
01:00:PM - 20/Dec/2017
Catadores de lixo fazem protesto em Salvador
Luciano da Matta | Ag. A TARDE

O grupo percorreu as ruas do centro da cidade até a sede da prefeitura, na praça Thomé de Souza

 

20/12/2017 | 13h00

 

Trabalhadores associados ao Complexo das Cooperativas de Reciclagem da Bahia (CCRBa) fizeram uma caminhada, na manhã desta segunda-feira, 18, para cobrar da prefeitura que contrate os catadores de recicláveis para fazer a coleta seletiva de lixo na capital baiana.

O grupo percorreu as ruas do centro da cidade, com partida da praça da Ladeira de São Bento até a sede da prefeitura, na praça Thomé de Souza, para exigir que o Município também remunere as cooperativas e associações de catadores.

Além das demandas acima, os trabalhadores querem que a prefeitura aplique recursos para que as cooperativas possam desenvolver ações de educação ambiental junto à população quanto à destinação correta dos resíduos sólidos e promova inclusão dos catadores.

Segundo a presidente da CCRBa todas as reivindicações foram estabelecidas pelo Plano Nacional de Resíduos Sólidos (lei 12.305), instituído em 2012, mas que, de acordo com a dirigente, não tem sido cumprido pela prefeitura no que tange aos catadores.

“O que a prefeitura faz é contratar a coleta geral do lixo, na qual as empresas não promovem a separação dos resíduos por categoria”, afirmou a presidente, para quem a contratação das cooperativas promoveria economia de gastos por parte da prefeitura.

“Isso por que a prefeitura, hoje, paga as empresas por tonelada de lixo coletado e, ainda, paga para aterrar os resíduos”, explica. “Com as cooperativas, o lixo reciclável seria separado e encaminhado à indústria. O que sobrasse, em peso menor, iria para os aterros”, aponta.

A presidente cita, ainda, o ganho socioambiental que a cidade teria a partir da contratação das cooperativas. “Com redução do impacto na natureza e promoção da educação ambiental com a população, que ainda pensa que todo lixo é descartável”, pontua.

Limpurb

Por meio da assessoria de comunicação, a Empresa de Limpeza Urbana do Salvador (Limpurb) afirmou “reconhecer a importância do trabalho realizado pelas cooperativas de catadores de materiais recicláveis” e que a empresa “atua em parceria, disponibilizando caminhões-baú para auxiliar a coleta de resíduos em diversos bairros de Salvador”.

A Limpurb lembrou ser “responsável pela limpeza urbana da cidade e atuar como órgão fiscalizador para garantir o cumprimento do serviço prestado pelas empresas terceirizadas. A contratação e remuneração das cooperativas estão ligadas à administração direta”.