Aterro sanitário de Campo Grande vai receber lodo do tratamento de esgoto de Rio Negro

Professor Resíduo
10:00:AM - 30/Dec/2017
Aterro sanitário de Campo Grande vai receber lodo do tratamento de esgoto de Rio Negro
(Foto: Reprodução/TV Morena)

Aterro sanitário de Campo Grande vai receber lodo do tratamento de esgoto de Rio Negro, segundo convênio assinado nesta semana pelas prefeituras

30/12/2017 | 10h00

Convênio foi assinado entre as prefeituras na quarta-feira (27) e prevê cobrança de taxa de R$ 157,70 do Executivo de Rio Negro por tonelada de lodo depositada no aterro da capital.

O aterro sanitário de Campo Grande vai receber o lodo da estação de tratamento de esgoto do município de Rio Negro, cidade da região central de Mato Grosso do Sul, que fica a 163 quilômetros da capital.

O convênio que vai possibilitar que o resíduo de Rio Negro seja depositado no aterro de Campo Grande foi publicado nesta sexta-feira (29), no Diário Oficial do município.

Ele tem validade de 19 de dezembro de 2017 a 31 de dezembro de 2018. Para o recebimento dos resíduos, será cobrada do município de Rio Negro uma taxa de R$ 157,70 por tonelada depositada.

O extrato aponta que a parceria foi assinada nesta quarta-feira (27) entre a prefeitura de Campo Grande, a prefeitura de Rio Negro, a Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos (Agereg) da capital, a secretaria municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep), a secretaria municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur) e a empresa responsável pela coleta e destinação dos resíduos urbanos, a Solurb Soluções Ambientais.