Sem carros e sem lixo: conheça Masdar, a cidade do futuro

Professor Resíduo
02:00:PM - 02/Jan/2018
Sem carros e sem lixo: conheça Masdar, a cidade do futuro
https://viagens.sapo.pt

02/01/2018| 14h00

Será uma cidade em pleno deserto, nos Emirados Árabes Unidos, e deverá estar completa em 2025.

A meia-hora de distância de Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes Unidos, está a ser construída a Masdar City, uma cidade em pleno deserto, sem carros, sem lixo e com zero emissões de carbono. Apesar do calor que se faz sentir nas zonas mais desprotegidas da cidade, em que as temperaturas podem ser superiores a 40 graus, já existem áreas onde é possível estar sentado confortavelmente.

Só em 2025 a Masdar City poderá estar completa. Para já só vivem aqui estudantes do Masdar Institute (parceiro do Massachusetts Institude of Techonology (MIT)). O objetivo dos investigadores é combinar as mais avançadas inovações tecnológicas com antigas práticas de construção, de forma a conseguir obter um modelo sustentável.

Ali, tudo foi pensado ao pormenor para que os futuros habitantes (estima-se que na próxima década a cidade tenha capacidade para receber 40 mil pessoas) possam viver com todo o conforto e sem precisarem de ar condicionado. Os edifícios foram revestidos de materiais que não acumulam calor e, no centro, pode ver-se uma torre eólica para gerar eletricidade. Existem ainda diversos túneis, entre os prédios, que espalham o ar fresco. As avenidas são estreitas e sem sol.

As deslocações entre as diversas áreas da cidade são asseguradas por um pequeno veículo que se movimenta através de um campo magnético. Cabem quatro passageiros de cada vez. As pessoas não vão precisar de carro nem de pagar transportes públicos. É também permitida a deslocação pedonal e o uso de bicicletas.

Entre as áreas recreativas, zonas desportivas e espaços para habitação, a cidade estará equipada com as instalações necessárias para ser auto-suficiente. Haverá centros de reciclagem, centrais para tratamento de resíduos, centrais para tratamento de água e plantações de várias espécies para a produção de alimentos e biocombustíveis. Painéis solares estrategicamente colocados são responsáveis pela produção de grande parte da energia consumida.

Desenhada pelo arquiteto inglês Norman Foster, o projeto foi financiado pela Mubadala Development Company, o principal braço de investimento do governo de Abu Dhabi, com o objetivo de exportar a tecnologia para todo o mundo. O país pretende complementar uma parte das suas necessidades energéticas com fontes de energias renováveis. Este é também um estilo de vida totalmente saudável e com segurança. Aqui, as crianças podem brincar à vontade na rua e os pais não precisam de se preocupar com nada.