Bilhões de objetos plásticos estão matando recifes e corais

Professor Resíduo
10:00:AM - 31/Jan/2018
Bilhões de objetos plásticos estão matando recifes e corais
https://ipc.digital

31/01/2018| 10h00

Bilhões de resíduos de plástico estão deixando corais e recifes doentes, da Tailândia até a Austrália, disseram cientistas.

O lixo faz outra pressão sobre os corais, que já vem sofrendo com a sobrepesca, o aumento das temperaturas causadas pelas mudanças climáticas e outras poluições.

Na região Ásia-Pacífico, um total de 11,1 bilhões de itens plásticos, incluindo sacos de compras, redes de pesca, até fraldas e chá em saquinho, estão presos em recifes, disseram os cientistas na revista Science.

Os cientistas disseram que os números aumentariam em 40% até 2025, já que a poluição marinha piora cada vez mais.

O plástico aumenta a probabilidade de doença cerca de 20 vezes, para os corais que ficam em contato com plásticos.

O lixo pode prejudicar os pequenos animais de coral que compõem recifes, tornando-os mais vulneráveis a doenças. E pedaços de plástico podem atuar como jangadas de micróbios prejudiciais nos oceanos.

Os cientistas ficaram chocados ao encontrar plástico mesmo em recifes remotos.

“Você poderia estar mergulhando e achar que alguém está batendo em seu ombro, mas é apenas uma garrafa batendo contra você, ou um saco de lixo plástico preso em seu tanque”, disse Joleah Lamb da Cornell University à Reuters.

“É muito triste”, disse ela.

“Os corais são animais como nós e têm tecidos realmente finos, que podem ser cortados e feridos, especialmente se eles são cortados por um item coberto de todos os tipos de microorganismos”, disse ela.

Os cientistas, dos Estados Unidos, Austrália, Tailândia, Myanmar, Canadá e Indonésia, pesquisaram 159 recifes de 2011 a 14 na região Ásia-Pacífico.

Informações: https://ipc.digital