Carnaval carioca: Educação ambiental estará presente na Marquês de Sapucaí

Professor Resíduo
11:00:AM - 12/Feb/2018
Carnaval carioca: Educação ambiental estará presente na Marquês de Sapucaí
globoesporte.globo.com

12/02/2018| 11h00

A campanha também está alinhada com as políticas nacional e municipal de resíduos sólidos.

A educação ambiental está presente na Marquês de Sapucaí no Carnaval deste ano. Um grupo de dez catadores de materiais recicláveis vai distribuir 40 mil sacolas para quem for ao Sambódromo durante os desfiles.

As embalagens vão contar com explicações sobre o descarte correto do lixo produzido durante o evento. Os materiais recolhidos vão gerar emprego e renda para catadores.

De acordo com o ativista ambiental Tião Santos, que coordena a ação, a ideia é justamente envolver o folião na atividade do catador, que muitas vezes é invisível, reforçando a mensagem de cidadania ambiental. Tião ficou conhecido pelo filme “Lixo Extraordinário”, do artista plástico Vik Muniz, indicado ao Oscar.

Contêineres foram espalhados pela Marquês da Sapucaí com o símbolo da reciclagem para que o folião deposite os materiais que recolheu nas sacolas.

O lixo é recolhido pela Comlurb e encaminhado para uma área próxima ao Sambódromo.  No local mais de cinquenta pessoas vão trabalhar separando os materiais, entre catadores de materiais recicláveis, ajudantes e motoristas, divididos em dois turnos. Os profissionais estão sendo remunerados pelo trabalho.

A expectativa é reciclar cerca de 45 toneladas de materiais, o que representaria uma redução de 35% dos resíduos gerados no Sambódromo. A campanha também está alinhada com as políticas nacional e municipal de resíduos sólidos.

Os recicláveis serão enviados às empresas que compram esses itens e transformam em produtos que serão comercializados novamente.

A iniciativa é uma realização da Liesa, Liga das Escolas de Samba do Grupo Especial, e do Movimento ‘Eu Sou Catador’, e conta com o patrocínio de empresas privadas e o apoio da Comlurb, Companhia de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro, e da Riotur, empresa de turismo do município.