8º Fórum Mundial da Água aposta na reciclagem dos resíduos produzidos

Professor Resíduo
03:00:PM - 09/Mar/2018
8º Fórum Mundial da Água aposta na reciclagem dos resíduos produzidos
Revista Planeta

09/03/2018| 15h00

Objetivo é destinar apenas o lixo não reciclável para aterros e reciclar todo o resto

Sustentabilidade é um dos pilares do 8º Fórum Mundial da Água, que acontece entre 17 e 23 de março, em Brasília. A ideia da organização é estabelecer procedimentos capazes de permitir que apenas 10% de todo o resíduo produzido no evento seja destinado a aterros sanitários.

Vidros, plásticos, metais e papéis serão inteiramente reciclados. Materiais como lonas e sobras de madeira serão doados para servirem como matéria prima em outras atividades. A triagem dos resíduos ficará a cargo da Associação dos Catadores Recicladores de Resíduos Sólidos de Brazlândia (Acobraz), cidade do entorno do Distrito Federal.

De acordo com a diretora da Aliquam Soluções em Meio Ambiente, Cristiane Oliveira, empresa que irá coordenar o gerenciamento dos resíduos sólidos do 8º Fórum, todo material reciclável será encaminhado para cooperativas ou sociedade. “Só de lona serão cerca de 3.000 m² para doação e reaproveitamento”, explica. Resíduos não recicláveis serão destinados ao aterro sanitário de Brasília.

Todo o óleo coletado dos food trucks da praça de alimentação do 8º Fórum também terá destinação ambientalmente correta. O material será armazenado em tonéis e encaminhado à empresa Ecolimp, para a produção de detergente. Outras bombonas vão armazenar resíduos orgânicos, que serão compostados pela empresa Pura Vida.

Durante os sete dias do evento, o Fórum deve produzir mais de 40 toneladas de resíduos. Para vencer o desafio da sustentabilidade e atingir a meta estabelecida, Cristiane adianta que a Aliquam vai orientar o maior número de profissionais envolvidos na realização do evento, considerados por ela “atores fundamentais no sucesso do projeto”.

“Teremos sacolas plásticas e adesivos específicos informando quais tipos de material cabem em cada categoria, em conformidade com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS)”, detalha Cristiane Oliveira.

O 8º Fórum Mundial da Água estima reunir cerca de 45 mil pessoas no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. A atuação dos participantes será fundamental na sustentabilidade do evento.

A ideia da organização é que cada participante faça uso de copos ecológicos, evitando desperdício daqueles plásticos. A ausência de canudos e o uso racional de guardanapos são atitudes complementares que podem ser levadas em consideração na hora de evitar a produção de lixo no evento.

Cristiane adianta que os resultados da reciclagem do 8º Fórum Mundial da Água vão gerar indicadores de produção contendo a quantidade de resíduos gerados, tipo, percentual de reutilização, além de indicadores financeiros. “Começamos os levantamentos desde a semana passada e só vamos concluir este trabalho com a finalização da desmontagem do Fórum”, avisa.

A diretora da Aliquam enfatiza, ainda, a importância da realização deste tipo de serviço em grandes eventos. "Os resultados são todos positivos, trazendo benefícios para a natureza, para a sociedade e para a organização do evento, fechando assim o importante tripé da sustentabilidade ‘ambientalmente correto, socialmente justo e economicamente viável’", conclui.

8º Fórum Mundial da Água
O 8º Fórum Mundial da Água é organizado no Brasil pelo Conselho Mundial da Água (WWC), pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), representado pela Agência Nacional de Águas (ANA), e pelo Governo do Distrito Federal, representado pela Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa). A Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib) é integrante do Comitê Organizador Nacional (CON).

As sete edições anteriores foram realizadas em Marrakesh (Marrocos, 1997), Haia (Holanda, 2000), Kyoto (Japão, 2003), Cidade do México (México, 2006), Istambul (Turquia, 2009), Marselha (França, 2012) e Gyeongju e Daegu (Coreia do Sul, 2015).

8º Fórum Mundial da Água / 8th World Water Forum
Brasília, 17 a 23 de março de 2018
Debates: Centro de Convenções Ulysses Guimarães
Vila Cidadã: Estádio Nacional Mané Garrincha

Informações: http://www.segs.com.br