MS: vazamento de esgoto mata 5 mil peixes em Dourados

Professor Resíduo
04:00:PM - 27/Mar/2018
MS: vazamento de esgoto mata 5 mil peixes em Dourados
www.progresso.com.br

O vazamento de esgoto chegou até o Rio Dourados e vários bairros de Dourados estão com água contaminada

27/03/2018| 16h00

A recomendação é que a população não use a água da torneira para cozinhar nem para beber por conta da contaminação

Pelo menos cinco mil peixes que eram criados para venda morreram por causa de um vazamento de esgoto que atingiu três chácaras da zona rural de Dourados, no sul de Mato Grosso do Sul.

O Instituto de Meio Ambiente de Dourados afirmou que a tubulação que passa justamente por baixo do solo próximo às represes entupiu e começou a escapar por uma tubulação que fica aberta e é usada para manutenção da rede.

O gerente de sistema de esgotamento da empresa informou que houve obstrução na rede por pedras e entulhos e que o problema foi resolvido. Sobre a responsabilidade da empresa e o possível ressarcimento dos produtores, ele disse que ainda será feita uma investigação interna.

O presidente do Imam, Fábio Luís da Silva, o esgoto também atingiu o córrego Paragem. Amostras da água e dos peixes foram coletados. O Ministério Público foi comunicado sobre o caso.

"A partir de agora, o Instituto de Meio Ambiente vai notificar. Se for passível de multa pelo dano ambiental que ocorreu na área, vai ser cobrada multa e exigido que seja feito pela empresa um plano de recuperação ambiental da área degradada. A legislação estabelece [a multa] de de cinquenta a quinhentos mil reais", contou Silva.

Metade do pescado ficava na propriedade da agricultora Maria das Dores. A produção seria vendida para um pesqueiro na Semana Santa.
"Uma coisa maravilhosa. Tão bem cuidada. E, de repente, acabou em nada. E era também uma fonte de renda minha", desabafou.

Elder Queirós também perdeu parte da produção e estima que tenha levado um prejuízo de R$ 15 mil. Ele iria vender o pescado na Páscoa.

"Quero que venha o pessoal responsável para ver o que vai fazer. Por que, vai ficar desse jeito? A gente não tem uma posição. Ninguém veio aqui falar nada pra gente", afirmou.

Além dos tanques de peixes, o esgoto atingiu o galinheiro e até a mina de água que fica na chácara de um outro produtor.

"Desde ontem, nós estamos sem água. Cem reais que eu fazia de ovo por semana, você está vendo aí. Sem dinheiro para comprar a carne. A gente vendia o ovo para comprar a carne", explicou.

Informações: http://www.progresso.com.br