PR: com novo aterro público, Pinhão se torna exceção na gerência de resíduos

Professor Resíduo
11:50:AM - 14/Apr/2018
PR: com novo aterro público, Pinhão se torna exceção na gerência de resíduos
http://www.centralcultura.com.br

14/04/2018| 11h50

Um novo aterro sanitário foi inaugurado na quinta-feira (12), em Pinhão/PR. O empreendimento é o segundo aterro público da região. Até então, somente Guarapuava contava com um local adequado e licenciado para destinação do lixo. Em Laranjeiras do Sul opera um aterro licenciado privado. A maioria dos municípios do centro-oeste e centro-sul paranaense fazem o transbordo ou descartam irregularmente os resíduos.

Além de construir e instalar o aterro sanitário, a prefeitura de Pinhão criou o Vale Feira e estruturou e fez parcerias com cooperativas para aumentar a reciclagem. A perspectiva é criar uma política de gestão de resíduos, diminuído o envio de materiais para o aterro.

Sem o aterro licenciado, os pinhãoenses pagavam R$ 213 para transportar e destinar o lixo. Nesse valor não estavam contabilizadas as despesas com a coleta.

Uma reportagem produzida pela Rádio Cultura em fevereiro mostrou que sem aterros sanitários licenciados o lixo coletado em 15 municípios da região é levado para outras cidades e pode viajar quase 300 km antes de ser descartado. Com a inauguração do aterro em Pinhão, esse número cai para 14.

O mesmo levantamento mostrou que apenas dois aterros estavam licenciados para receber resíduos domiciliares na região.

Informações: http://www.centralcultura.com.br