Coleta de lixo é retomada após serviço ser suspenso por interdição de aterro em Murutinga do Sul

Professor Resíduo
01:00:PM - 20/Jun/2018
Coleta de lixo é retomada após serviço ser suspenso por interdição de aterro em Murutinga do Sul
(Foto: Reprodução/TV TEM)

Lixo ficou acumulado na segunda-feira em Murutinga do Sul

20/06/2018| 13h00

Lixo está sendo depositado em contêineres de uma empresa contratada pela prefeitura. Prefeito e funcionários chegaram a ser presos por depositar lixo no aterro interditado.

Foi retomada a coleta de lixo em Murutinga do Sul (SP) na terça-feira (19), depois que o serviço foi suspenso porque os resíduos eram depositados em um aterro sanitário interditado pela Cetesb.

O prefeito Gilson Pimentel (PSDB) e outros quatro servidores públicos foram presos na semana passada por causa da irregularidade, mas já foram liberados.

Apesar do serviço ter sido retomado, a cidade possui apenas um caminhão de coleta de lixo e os resíduos não foram completamente recolhidos nesta terça-feira. A expectativa é que o serviço seja normalizado na quinta-feira (21).

O lixo está sendo depositado em contêineres de uma empresa contratada pela prefeitura, que vai encaminhar os dejetos a aterros particulares. No entanto, para realizar o transbordo é necessária uma licença ambiental da Cetesb que está em processo de avaliação.

A Cetesb informou que o transporte do lixo está sendo feito de forma irregular e que a prefeitura pode ser multada mais uma vez.

Já a prefeitura disse que tem ciência do caso, mas alegou não possuir outra alternativa. Também informaram que o decreto para desapropriação de uma área no município já foi publicado e em breve a cidade terá um aterro próprio e legalizado.

Informações: G1