Supermercados do Rio vão parar de distribuir sacolinhas plásticas

Professor Resíduo
11:00:AM - 28/Jun/2018
Supermercados do Rio vão parar de distribuir sacolinhas plásticas
Foto: Agência Brasil

28/06/2018| 11h00

Lei estadual visa combater poluição com o uso de sacos biodegradáveis

No Rio de Janeiro, as tradicionais sacolinhas plásticas de supermercados deverão ser substituídas por sacos biodegradáveis ou reutilizáveis, feitos de matérias-primas renováveis, em, no máximo, 18 meses.

Segundo o governador Luiz Fernando Pezão - que sancionou a lei, publicada no Diário Oficial de terça-feira (26) -, o objetivo é "estimular a conscientização em torno do grave problema da poluição com sacos plásticos".

Comerciantes de pequeno porte terão 18 meses para fazer a substituição, já os grandes, devem concluir a troca em um ano. Depois disso, eles ficam proibidos de distribuir as embalagens, mesmo cobrando por elas.

As sacolas reutilizáveis deverão ter resistência de 4 a 10 quilos e ser compostas por, no mínimo, 51% de material renovável, como o bioplástico produzido a partir de cana-de-açúcar ou milho. Também deverão ser confeccionados em duas cores: verde, para resíduos recicláveis, e cinza, para outros rejeitos, com a finalidade de ajudar o consumidor a separar o lixo e facilitar a coleta seletiva.

Informações: http://www.destakjornal.com.br