SP: moradores de Itapecerica denunciam descarte de lixo e entulhos em área de preservação ambiental

Professor Resíduo
12:30:PM - 22/Aug/2018
SP: moradores de Itapecerica denunciam descarte de lixo e entulhos em área de preservação ambiental
Divulgação

Em um dos vídeos encaminhados por um morador, é possível ver a água limpa do rio em uma parte afastada do terreno feito de aterro.

22/08/2018| 12h30

Moradores do Jardim Adélia, em Itapecerica da Serra, enfrentam sérios problemas em relação ao descarte ilegal de lixos em entulhos que vem sendo feito em uma área de preservação ambiental no bairro. Os munícipes reclamam da inércia das autoridades para fiscalizar e coibir o crime.

Em um dos vídeos encaminhados por um morador, é possível ver a água limpa do rio em uma parte afastada do terreno feito de aterro. No entanto, às margens do afluente, já bem próximo ao local onde acontece o descarte, a água já está totalmente contaminada.

Ainda segundo informações levantadas pelos próprios denunciantes pessoas chegaram a cobrar para permitir o descarte irregular no local. A cobrança seria em torno de R$150 reais pelo descarte de cada caminhão despejado no lugar.

Além do prejuízo causado à fauna e à flora, em tempos de chuva, o risco de enchentes aumenta ainda mais. Isso porque o Jardim Santa Adélia já enfrenta problemas de alagamento, pois a única ponte que liga o bairro aos outros pontos da cidade fica embaixo d’água quando chove.

“Antes desse aterro, já ficava tudo ilhado, agora, com ele, quando chover, esse bairro ficará alagado por muito mais tempo”, afirma o habitante em um vídeo.

Os munícipes cobram tanto uma investigação da Polícia Ambiental quanto um posicionamento do Ministério Público da cidade já que Itapecerica da Serra, por ser rodeada pela mata atlântica, é localizada em uma área de preservação ambiental e, por isso, o descarte tanto de lixos e entulhos na região é ilegal.

Informações: http://www.jornalnanet.com.br