São José dos Pinhais terá usina de produção de energia elétrica a partir do tratamento do lixo

Professor Resíduo
03:00:PM - 23/Aug/2018
São José dos Pinhais terá usina de produção de energia elétrica a partir do tratamento do lixo
Gazeta do Povo - imagem ilustrativa de SP

23/08/2018| 15h00

Durante a 41ª Assembleia Extraordinária do Consórcio Intermunicipal para Gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos (Conresol), que aconteceu na última terça-feira (21), foi aprovado por todos os prefeitos da Região Metropolitana, que fazem parte do consórcio, um novo sistema de transporte, transbordo e tratamento dos resíduos sólidos urbanos, ou seja, do lixo domiciliar produzido pelos 23 municípios da Região Metropolitana de Curitiba.

Representantes dos 23 municípios, entre eles o prefeito de São José dos Pinhais, discutiram sobre o Plano Nacional de Resíduos Sólidos e o objetivo de reduzir o uso de aterros sanitários.

“Atualmente esse lixo é levado ao aterro sanitário e dentro da nova proposta aprovada durante a Assembleia ficou estabelecido a abertura de um edital para buscar empresas interessadas na instalação de uma usina de tratamento de lixo em São José dos Pinhais, visando a produção de energia elétrica”, explicou o secretário de Meio Ambiente de São José dos Pinhais.

Com a implantação da usina, boa parte do lixo deixará de ser levado ao aterro sanitário, passará por uma triagem e a parte orgânica abastecerá a matriz energética de São José dos Pinhais. “Precisamos pensar no Meio Ambiente, na sustentabilidade e buscar alternativas para destinação do lixo produzido na cidade. Temos incentivado a separação dos recicláveis, criado programas como De Olho no Óleo, mas precisamos dar um destino ao lixo orgânico e esta usina traz essa possibilidade”, disse o prefeito de São José dos Pinhais.

Com a aprovação dos prefeitos, o próximo passo é a confecção do edital, reuniões técnicas com os representantes dos municípios, audiências públicas e consulta pública do edital, o que traz a previsão de abertura para os próximos meses.

O Conresol é formado por 23 municípios da Região Metropolitana de Curitiba e é responsável pela organização da gestão do sistema de tratamento e destinação dos resíduos sólidos.  Fazem parte os municípios de Adrianópolis, Agudos do Sul, Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Colombo, Contenda, Curitiba, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Mandirituba, Quatro Barras, Quitandinha, Piên, Pinhais, Piraquara, São José dos Pinhais, Tijucas do Sul e Tunas do Paraná.

Informações: Ascom, https://www.bemparana.com.br