Boyan Slat cria sistema para limpeza dos oceanos

Professor Resíduo
10:00:AM - 08/Sep/2018
Boyan Slat cria sistema para limpeza dos oceanos
The Ocean Cleanup

08/09/2018| 10h00

System 001 vai começar hoje a recolha de plástico no oceano.

Com apenas 24 anos, Boyan Slat é um jovem holandês que procura resolver problemas da sociedade.

Aos 18 anos, o inventor criou uma solução tecnológica para limpar o plástico dos oceanos - o Ocean Cleanup.  Seis anos após a sua fundação, esta startup ambiental vai lançar, hoje, o primeiro sistema de limpeza do oceano denominado por System 001.

A primeira ação do sistema será feita na ilha de lixo do Pacífico Norte, situada entre o Havaí e a Califórnia. O objetivo está na limpeza de metade do lixo dessa ilha que existe há cinco anos.

O procedimento consiste na criação de uma barreira artificial no meio do mar, que concentrará o plástico a ser retirado. O System 001 é composto por um tubo em forma de "U" com 600 metros e por uma saia de três metros de profundidade, que ficará a flutuar no mar, o formato do tubo fará com que o plástico fique preso.

A limpeza do plástico acumulado será feita por um navio a cada quatro a seis semanas.

O sistema está exposto às condições naturais como o vento e as correntes marítimas.
Através do equipamento que o compõe (iluminação solar, sistemas anticolisão, câmaras, sensores e satélites), a sua posição será comunicada em tempo real.
O sistema já foi alvo de críticas às quais o jovem Slat responde: “Sabemos que não vamos retirar o plástico todo, mas removeremos tudo o que conseguirmos antes que seja tarde de mais.” Segundo alguns estudos feitos ao reconhecimento do lixo, sabe-se que a maioria do plástico a limpar são peças de grandes dimensões, produzidas nas décadas de 70, 80 e 90.

São vários os projetos associados à remoção do lixo. Na Holanda, a Plastic Whale faz barcos e mobiliário com o plástico que retira dos canais de Amesterdão e do Porto de Roterdão, A Ocean Conservancy já recolheu mais de 200 milhões de quilos de lixo das praias de mais de 100 países.

Mas, Boyan Slat vai, hoje, revolucionar a limpeza oceânica.

Informações: http://radiocomercial.iol.pt/