Empresas com grande geração de lixo terão que pagar pela coleta

Professor Resíduo
01:00:PM - 28/Sep/2018
Empresas com grande geração de lixo terão que pagar pela coleta
Em Campo Grande, 394 empresas são consideradas grandes geradoras de resíduos

Em Campo Grande, 394 empresas são consideradas grandes geradoras de resíduos

28/09/2018| 13h00

Critério observa produção diária maior do que 200 litros

A partir do dia 1º de janeiro de 2019, as 394 empresas consideradas grandes geradoras de resíduos sólidos de Campo Grande, como supermercados, shoppings e hospitais, deverão assumir a responsabilidade pela coleta, transporte, tratamento e destinação dos respectivos resíduos, além da disposição final dos rejeitos que produzem.

Após meses de discussão, a prefeitura publicou, hoje, decreto que regulamenta a situação.

De acordo com o decreto, são considerados grandes geradores, pessoas físicas ou jurídicas, cujo volume de resíduos sólidos gerados seja superior a 200 litros por dia ou 50 quilogramas.

“É obrigatório o recolhimento dos resíduos por parte dos grandes geradores, sendo vedada ao Poder Público Municipal a realização de qualquer das etapas de recolhimento", diz parte da publicação.

Assim, empresas a serem credenciadas na prefeitura para realizarem essa coleta, deverão ser contratadas pelos empreendimentos, "ficando o grande gerador dispensado do pagamento da Taxa de Coleta, Remoção e Destinação de Resíduos Sólidos Domiciliares - Taxa de Lixo”, que é tributo municipal.

Este ano, quando a taxa do lixo foi instituída, os grandes geradores estavam isentos da cobrança. Leia Mais no Portal Correio do Estado.

Informações: https://www.correiodoestado.com.br