Empresa de limpeza faz acordo com candidatos para diminuir lixo durante o segundo turno

Professor Resíduo
01:00:PM - 27/Oct/2018
Empresa de limpeza faz acordo com candidatos para diminuir lixo durante o segundo turno
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

No primeiro turno, 1.340 garis recolheram 120 toneladas de lixo eleitoral

27/10/2018| 13h00

O concorrente que tiver material de campanha jogado nas ruas poderá ser multado pelo TRE-DF e pela Agefis. No na primeira etapa das eleições, em 7 de outubro, garis recolheram 120 toneladas de lixo eleitoral.

Para reduzir a quantidade de lixo no chão no segundo turno das eleições, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) fez um acordo com os candidatos ao Governo do Distrito Federal (GDF). O órgão não vai mobilizar equipe de limpeza especial no dia da votação, no domingo (28/10), e o concorrente que tiver material de campanha jogado nas ruas poderá ser multado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e pela Agência de Fiscalização (Agefis).

No primeiro turno das eleições, em 7 de outubro, 1.340 garis limparam as ruas de todo o Distrito Federal. Eles recolheram 120 toneladas de lixo eleitoral.  Dessa vez, o SLU aproveitou uma reunião do TRE-DF com representantes das duas coligações para firmar o compromisso.

A Corte fez um encontro com os candidatos para incentivá-los a não jogar material de campanha no chão e nem disseminar notícias falsas.

Informações: Correio Braziliense