Pequim multará quem não reciclar lixo

Professor Resíduo
10:00:AM - 03/Jul/2019
Pequim multará quem não reciclar lixo
https://observador.pt -

03/07/2019| 10h00

Autoridades de Pequim anunciaram nesta quarta-feira (3) que seguirão os passos de Xangai e publicarão uma nova legislação sobre reciclagem doméstica que prevê multas para quem infringi-la.

A Comissão de Gestão Urbana da capital chinesa explicou que os planos passam por classificar os resíduos residenciais em lixo de cozinha, reciclável e perigoso e que as multas terão valor igual ou maior do que as aplicadas em Xangai.

Na maior cidade da China, que introduziu estas medidas na segunda-feira passada, as penalizações para as pessoas começam em aproximadamente R$28 por uma primeira infração e R$111 por infrações repetidas.

Os empresários serão multados com até R$2.795 por não ter os contêineres de lixo corretos e até R$28 mil por não classificar os lixos adequadamente.

Desde 2016, as autoridades pequinesas incentivaram o uso de contêineres de reciclagem e de lixeiras inteligente desde 2016.

O uso de aparelhos inteligentes tem uma vantagem: os cidadãos que classificam o lixo poderão receber pontos para trocar por "pequenos presentes".

Em 2018 foram recolhidas em Pequim cerca de 9,3 toneladas de lixo doméstico.

Há dois anos, o Conselho de Estado (Executivo) traçou como meta atingir 35% de reciclagem de resíduos domésticos em 2020 e estabeleceu uma lista de 46 cidades-piloto iniciais para a obrigatoriedade da classificação deste tipo de resíduos.

Xangai, com 26 milhões de habitantes, começou na segunda-feira a notificar pessoas e empresas que infrinjam as novas normas de reciclagem e no primeiro dia, emitiu um total de 623 avisos a respeito.