Turismo sustentável: nova percepção do mundo empresarial

Professor Resíduo
06:30:PM - 12/Sep/2019
Turismo sustentável: nova percepção do mundo empresarial
https://lalarebelo.com/cristalinolodge/

12/09/2019| 18h30

Os danos para a natureza que a indústria do turismo vem gerando ao longo dos anos têm feito cada vez mais viajantes e profissionais da área repensarem seus planos. De destinos, que planejam limitar o acesso diário de turistas para proteger a natureza local, a clientes que organizam do transporte à hospedagem nas férias de forma a deixar a menor pegada de carbono possível por onde passarem.

No entanto, para ser um hotel eco-friendly vai muito além de ter lâmpadas LED, coleta seletiva de lixo reciclável, estímulo ao reuso de toalhas durante a hospedagem para evitar o desperdício de água e eliminação de canudos e garrafas plásticas descartáveis.

O posicionamento deve começar no planejamento e construção do empreendimento, e perpassar da limpeza aos recursos humanos, incluindo práticas que envolvam ou não os hóspedes, sem que a qualidade do serviço e acomodações caia por isso.

Alguns hotéis podem ser destacados como o Jean-Michel Cousteau Resort, Fiji. O resort que leva o nome do famoso explorador ambientalista (filho do oceanógrafo Jean-Jacques). Sustentabilidade é a bandeira desse lugar. As verduras e frutas, por exemplo, vêm da horta orgânica, os ovos do próprio galinheiro "free-range" e as madeiras e palhas usadas para construir os 25 bangalôs, de diferentes partes da ilha onde podem ser certificadas. Não usam ar-condicionado, as estruturas valem-se da ventilação natural para amenizar o calor. Produtos de beleza, higiene e limpeza, só biodegradáveis e livres de químicos.

Outro é o Bucuti & Tara, Aruba, primeiro resort do Caribe a receber a chancela mais alta da Green Globe Certification (GGC). O empreendimento conseguiu reduzir seu impacto na natureza a praticamente zero com mudanças graduais. A redução do uso de plásticos descartáveis também foi uma questão focal. Canudos foram eliminados, as miniaturas de xampu e cremes do banheiro trocados por displays grandes, permanentes, e as garrafinhas de água substituídas por cantis de metal reutilizável.

O Brasil também possui hotéis com “pegada” ecológica, como o Cristalino Lodge. Construído em harmonia com a floresta primária existente na reserva particular de 11.399 hectares em Alta Floresta (MT), o ecolodge tem desde a sua criação um grande cuidado na conservação da biodiversidade local.

Em Trancoso, o Uxua, as construções são feitas de pau a pique com madeira vinda de antigas fazendas da região -, também tem feito mudanças no dia a dia para se tornar mais sustentável. Sacos de papel recobrem os cestos, nos lixos, toda a comunicação é feita com papel reciclado, as frutas e legumes utilizados são cultivados no jardim do hotel ou comprados de moradores locais na feira, e os móveis, feitos por artesãos locais, usando materiais sustentáveis ou recuperados.

Opções são as mais variadas possíveis. Agora é escolher com consciência e desfrutar dos prazeres destes ambientes.