Aterro sanitário de MT irá beneficiar 13 cidades

Professor Resíduo
09:00:AM - 16/Sep/2019
Aterro sanitário de MT irá beneficiar 13 cidades
Foto por: Jamis Silva

16/09/2019| 09h00

O novo aterro sanitário de Mirassol D’oeste (a 295 km de Cuiabá) irá beneficiar 13 cidades do interior de Mato Grosso, além de promover o fechamento de no mínimo 13 lixões na região. O aterro foi feito pelo Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Complexo Nascentes do Pantanal em parceria com a Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) e atua desde a última segunda-feira (9).

O aterro receberá, inicialmente, o lixo dos municípios de Mirassol D’Oeste, São José dos Quatro Marcos, Araputanga, Curvelândia e Indiavaí. Já os municípios de Figueirópolis D’Oeste, Glória D’Oeste, Jauru, Lambari D’Oeste, Porto Esperidião, Reserva do Cabaçal, Rio Branco e Salto do Céu, aguardam autorização e Licença complementar da SEMA/MT, para iniciarem a destinação do lixo ao aterro em Mirassol D’Oeste.

Os municípios consorciados estão implantando a coleta seletiva e, com apoio do Consórcio e Funasa, investindo na educação ambiental para a coleta seletiva, com a proposta de segregação dos resíduos na origem em no mínimo duas frações, separando e acondicionando em separado tudo o que é reciclável.

O Aterro Sanitário Intermunicipal Nascentes do Pantanal é do tipo classe II, apropriado para resíduos domésticos e não perigosos. É estruturado com sistema de monitoramento e controle ambiental, célula para resíduos, sistema de tratamento de efluentes, pátio para compostagem de resíduos orgânicos, central de tratamento de resíduos de serviço de saúde, oficina, almoxarifado, guarita e balança de recepção, escritório administrativo e uma ampla e moderna central de triagem de materiais recicláveis com esteira elevada, além de máquinas, caminhões e outros equipamentos.