Mulheres são as mais interessadas em sustentabilidade, diz pesquisa

Professor Resíduo
09:00:AM - 09/Oct/2019
Mulheres são as mais interessadas em sustentabilidade, diz pesquisa
Reprodução/Pixabay

09/10/2019| 09h00

O movimento Recicla Sampa, criado este ano, mostra que entre os frequentadores da plataforma, o público que mais acessa os conteúdos é o feminino, representando 61% do total.

A faixa etária são as mulheres entre 35 e 44 anos (25%), seguidas do público feminino que tem entre 45 e 54 anos (22%). O perfil se repete entre os apoiadores do movimento nas redes sociais, com uma maioria de mulheres.

Os números que demonstram o interesse feminino pelo Recicla vão ao encontro de outros resultados de pesquisas realizadas por diferentes entidades. O levantamento do Instituto Akatu, por exemplo, sobre o Panorama do Consumo Consciente no Brasil, indica que o público mais engajado e consciente foi majoritariamente feminino, representando 56% do total.

O dado é reforçado por mapeamento de acessos à plataforma do Movimento Recicla Sampa na internet, segundo o qual, quando o assunto é reciclagem e conscientização, elas preferem se informar por meio dos conteúdos que mostram o caminho e o impacto do lixo na cidade de São Paulo, assuntos mais acessados.

De acordo com os conteúdos, a capital paulista produz, diariamente, 12 mil toneladas de resíduos, o equivalente a 3,6 milhões de toneladas por ano. Com um potencial de reciclar 40% deste volume, a cidade reaproveita apenas 7%, enviando o restante para os aterros sanitários.

A audiência e o consumo dos conteúdos no site do Recicla aumentam mês a mês. Os últimos dois meses mostraram um salto de 28% no acesso aos conteúdos da ferramenta, que saltou de 50 mil para 64 mil.